EntComo ser um Turista Consciente? Hoje vamos falar um pouco do Turismo Sustentável; de como nossas ações impactam no meio ambiente. E sim, tem como ser impactos positivos!

Como viajantes queremos que os lugares que visitamos permaneçam praticamente intactos, e é inevitável a frustração depois passar horas numa trilha e encontrar uma pedra pichada. Ou finalmente chegar em uma praia paradisíaca, mas em contra partida ter as lixeiras lotadas com resíduos em volta. Ou ainda pior! Com resíduos na espalhados na areia!



Quantas vezes você já não lamentou situações como essas?Então levanta a mão quem está nesse bonde?

Turismo Sustentável é muito além das atrações intactas, mas também envolve temas como respeito ao meio ambiente, direitos humanos e valorização da cultura regional. Então, sem mais delongas, vamos lá: Como ser um turista consciente?

Regra número 1) Pensar no deslocamento.

Sim, meus amigos! Não existe turismo sem deslocamento. E sim! Tem como ser mais sustentável com sua escolha de transporte. O avião, por exemplo, consome bastante combustível, mas se considerar a distância talvez seja melhor que o carro.

Caso vá para uma trilha, por quê não optar pelo transporte coletivo? Desse modo estará contrubuindo para redução de emissão de gás carbônico no ar. Caso vá uma galera, por quê não oferecer uma carona (o pessoal geralmente contribui com $ para o combustível)? Se a gente pensar direitinho terá os mesmos fins e objetivos do busão.

Regra número 2) Seu lixo volta contigo.

Atualmente a questão dos sacos plásticos estão escassas, o que é muito bom, mas isso pode gerar indagações. “Ok, Débora, mas e agora? Não tenho como levar saco plástico para voltar meu lixo comigo!”. Gente, vocês já escutaram falar dos 5Rs? Repensar, reduzir, recusar, reutilizar e reciclar. Repense sempre! Reduza sempre. E caso seja mesmo necessário, existem outras opções. O lixo é seu. Sua resposabilidade.

Regra número 3) Apoie os negócios locais.

Lembra que falamos que um turismo sustentável não é apenas a atração perfeita? Então. Apoiando o comércio local, você está incentivando a comunidade se desenvolver. Isso gera fiscalização nas áreas visitadas, reduzindo vandalismo e aumentando não apenas a segurança, mas também os lugares em bom estado para visitação.

Regra número 4) Não a desperdício de alimento.

Caso exagere no prato e não consiga comer tudo, pede para embrulhar para viagem. Não fique com vergonha, viu? Pois isso é mais comum do que se imagina. A minha sugestão é doar para um morador de rua, mas tem quem prefira comer na próxima refeição.

Essas são as minhas quatro dicas fundamentais para uma viagem consciente. Se você toma alguma atitude distinta que queira compartilhar, sinta-se a vontade para usar a caixa de comentários!  Ah, lembrando que  este blogue e a nossa agência de viagens, a Meridianos, é uma agência preocupada em seguir as diretrizes da Agenda 2030 em prol do desenvolvimento sustentável. 

1 thought on “Turismo Sustentável: Como ser um turista consciente?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *