Nesse post vamos falar das regras de bagagem para voos nacionais e internacionais. Um pouco de como funciona e quais são as principais normas de maneira simples e resumida.

Nacionais:

As linhas aéreas no Brasil seguem as regras da ANAC, que consiste basicamente em: Bagagem de mão e bagagem despachada. Como segue na tabela abaixo.

Tamanho Peso
Bagagem de mão 55 x 35 x 25cm 10kg
Bagagem despachada 80 x 50 x 28cm 23kg

Vale lembrar que o passageiro pode levar um item pessoal junto da mala de mão: Bolsa ou mochila. Esse item pessoal tem dimensões específicas em cada companhia aérea e por isso é necessário sempre conferir no site da companhia que irá realizar sua viagem. 

Outra coisa que devemos ressaltar é que as companhias aéreas podem cobrar pela bagagem despachada, não sendo obrigadas a oferecer a franquia de uma mala de 23kg, dessa forma deve-se conferir a tabela de valores de cada companhia também.  Nessa tabela também irá encontrar o valor da bagagem extra, então caso queira ou necessite levar mais de uma mala despachada é legal se atentar a esse valor.

Internacionais:

Em voos internacionais não existe algo tão específico, afinal se trata de diversos destinos diferentes com regras diferentes. Por isso é necessário consultar a companhia na qual irá realizar a sua viagem. De forma geral o passageiro irá poder levar uma bagagem de mão (normalmente de 10kg) e uma bagagem despachada (normalmente de 32kg), além do item pessoal (bolsa ou mochila) que deve possuir as dimensões específicas de cada companhia aérea.

Lembrando que a bagagem despachada de 32kg não necessariamente estará inclusa na franquia. Ou seja se sua franquia não inclui bagagem é necessário conferir a tabela de valores de cada companhia, onde também irá constar o valor da bagagem extra. 

Itens que podem ou nãos ser transportados:

As companhias aéreas possuem regras quanto ao que se pode ou não transportar nas bagagens de mão e despachada e isso pode variar de uma companhia para outra, sendo assim é necessário conferir em cada uma delas.

Esses itens costumam ser divididos em algumas categorias, como: Objetos pontiagudos, cosméticos e medicamentos, alimentos e bebidas, equipamentos esportivos e de lazer, equipamentos eletrônicos, ferramentas, armas, materiais explosivos e inflamáveis, substâncias químicas e tóxicas e bagagem especial. 

Em conclusão , espero que esse post tenha sido útil.  Que tenha ajudado você a entender melhor como funciona as regras de bagagem para voos nacionais e internacionais. 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *