O Parque das Ruínas é um local em Santa Tereza que quando eu e Débora eramos crianças e adolescentes visitamos muitas vezes, sempre foi um lugar bastante agradável para nós. No entanto, a muitos anos, pelo menos 10, que não voltávamos ao local. Mas essa semana que se passou precisei realizar um trabalho para faculdade e depois de muito pensar sobre o local que iria escolher para falar sobre me recordei do Parque. Pesquisei, escrevi uma resenha crítica do lugar e fui até lá. E sim, continua sendo um ótimo passeio pra quem vem visitar o Rio, ou quem é daqui e ta afim de passear pela cidade. Então, por essa razão escolhi escrever sobre ele aqui pro site.

Escadaria Selarón
Como chegar:

Lembro que quando visitávamos o lugar com mais periodicidade usávamos os tão famosos, bondinhos de Santa Teresa. Porém o valor deles não é mais tão acessível assim. Atualmente custa R$20,00. Por isso, maneira que fomos foi através da Escadaria Selarón, que fica bem próxima dos Arcos da Lapa, na Rua Joaquim Silva. Depois de subir os 215 degraus tem uma placa informativa, que mostra a direção do Parque e o tempo que leva de caminhada até ele, que são exatos 10 minutos. Realmente é um caminho bastante rápido, e tirando a rua ser subida inicialmente o caminho é bastante tranquilo, e até agradável.



O Parque:

O Parque da Ruínas é uma estrutura feita a partir das ruínas de um antigo palacete, que foi construído em meados do século XIX. O palacete pertenceu a Laurinda Santos Lobo, que foi uma mecenas da Belle Époque Carioca, no bairro ainda existe um Centro Cultural que carrega o nome de Laurinda. Anos a pois sua morte, a Prefeitura do Rio, reformou o lugar, incluindo estruturas metálicas, os responsáveis pela reforma do lugar foram Ernani Freire e Sônia Lopes.

Parque das Ruínas

Hoje o Parque das Ruínas realiza diversos tipos de exposições artísticas, peças de teatro, eventos, além de ser extremamente charmoso, gratuito e possuir um mirante em seu último andar que entrega uma vista esplendorosa da cidade. Logo ao lado existe o museu Chácara do Céu, cujo a entrada é R$6,00. Esse museu é um dos dois museus Castro Maya. O outro é o museu da rede, é o museu do açude no Alto da Boa Vista, único museu dentro da Floresta da Tijuca. Com certeza é um passeio que vale muito a pena. Além disso, é muito legal conseguir juntar pontos importantes da cidade para conhecer em um único dia. (A Escadaria Selarón, o Parque das Ruínas e o Museu Chácara do Céu.)

Vista de dentro das Ruínas

 

Se você quiser saber mais sobre passeios gratuitos na cidades do Rio de Janeiro, temos um post aqui no blog com 8 lugares no Centro da cidade que podem ser visitados. ( Lugares para visitar gratuitamente no Rio). Lembre-se, caso você queira viajar, pode pesquisar sua viajem e nossa agência MeridianosTur.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: