Fugindo do calor do Rio?

Sabemos que cada vez mais perto do verão, mais insuportável a cidade do Rio de Janeiro fica com o calor. Nós, cariocas, estamos acostumados a nos resfrescar nas inúmeras praias, cachoeiras e até mesmo em piscinas de casas, hotéis ou clubes.



[Lembrando que aqui no blogue temos posts sobre tudo isso e caso queira reservar um day use/viagem temos nossa agência de viagens, a Meridianos. Apenas clique sobre o banner.]

Outra opção para fugir do calor é recorrer ao nosso queridinho ar condicionado! Alguns de nós vão ao cinema, dão aquele rolê no shoppings e outros… Ah, outros procuram coisas mais interessantes para fazer. Nada contra cinemas e rolês, hein! Inclusive se quiser me convidar, tamo aí. Kkkkk

Unindo o útil ao agradável:

Gente, eu AMO história. Quem me conhece um pouquinho mais a fundo sabe que na mesma intensidade que amo a natureza, eu sou apaixonada por história. Passei grande parte da minha infância desvendando o Egito através de livros (que posteriormente meu tio me deixou de herança!).

Quando fiquei sabendo dessa exposição tremi toda de alegria! E pra melhorar: Sabia, no auge da minha experiência em exposições, que as condições climáticas nas salas precisam ter baixa temperatura para preservar os artefatos.

Não pensei duas vezes. Sai do meu compromisso e pá! Estava na Rua Primeiro de Março, 66 — Centro. A primeira coisa que a gente vê quando chega é a pirâmede no meio do grande salão!

Funcionando de quarta a segunda, das 9h às 21 horas e com entrada gratuita até o dia 27 de janeiro de 2020, a exposição começa sem necessidade de solicitar a entrada na recepção, mas se eu fosse você já pegava logo. Dentro da pirâmede você pode fotografar e se divertir com essa simulação a sua viagem ao “Egito Antigo: do cotidiano à eternidade”.

Agora sim começa a aventura. Segue em direção as escadas até o 1º andar onde os funcionários darão as instruções. É nessa parte da exposição que recebemos do Museu Egípicio de Turim esculturas, pinturas, sarcófagos, múmia e objetos em geral remetentes ao antigo Egito.

A exposição vai rodar o Brasil, então se você não pode dar uma passadinha aqui no Rio (pela nossa agência, hein!) até o dia 27 de janeiro de 2020, fica calmo. Daqui segue para São Paulo ficando entre os dias 19 de fevereiro e 11 de maio de 2020, se instalando em Brasília de 2 de junho a 30 de agosto e finalmente no CCBB de Belo Horizonte entre os dias 16 de setembro e 23 de novembro de 2020.

Melhor aniversário de 30 anos do CCBB!  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: