Ahhh Gramado! O tradicional roteiro começa na capital gaúcha. Porto Alegre fica a pouco mais de 2 horas de distância de Gramado, seja de carro ou de ônibus. Anualmente dois milhões de turistas passam pelo Natal Luz.



1. Como é viajar na Pandemia

Não é fácil falar sobre os desafios que envolvem o deslocamento durante a pandemia do COVID-19, contudo é extremamente necessário já que o Brasil ainda não começou a vacinação (dez/2020). Caso você esteja realmente decidido a viajar, sugiro seguir as orientações dos órgãos de saúde além das instruções OBRIGATÓRIAS das companhias áreas, rodoviárias, comércio, etc. Escrevemos aqui um texto completo sobre isso.

Reservei meu voo e a hospedagem com a minha própria agência de viagens Meridianostur. O voo foi com a LATAM contando apenas com a bagagem de mão. Essa companhia área em questão afirma que a renovação do ar é feita a cada três minutos, o uso obrigatório da máscara e também o lanche é oferecido na saída do cliente. Como foi feita o desembarque? Essa é uma curiosidade que eu achei até muito boa! Os comissários se organizaram para liberar fileiras (direta e esquerda) por fileiras, evitando o trânsito horroroso que sempre fica no estreito corredor do avião.

Já no ônibus da Citral foi tudo basicamente a mesma coisa. O uso da máscara foi obrigatório, mas não houve “ordem” de descida do ônibus.

Sugiro levar seu álcool em gel e, de tempos em tempos, higienizar as mãos.

No aeroporto.

2. Como chegar

Para chegar em Gramado você têm várias opções! Comprar seu transfer conosco da Meridianostur, ir de ônibus ou alugar um carro. Por mais que me deixasse muito feliz ganhar comissão, eu estaria comprometendo a ética que tanto respeito, se induzisse vocês a não optar pelo mais barato (e ainda assim confortável).

Eu mesma optei pela opção do ônibus. Ao fazer o desembarque, siga para a lojinha da Viação Citral (pergunta alguém do aeroporto no desembarque, mas é superfácil achar. Você não precisar sair do aeroporto não!).

A Viação Citral tem ônibus a cada 30 minutos, entre 6h30 e 20h. A viagem dura 2h30 e a passagem custa entre R$ 35 e R$ 50, dependendo do tipo do veículo (se executivo ou comum). Esses ônibus saem da rodoviária de Porto Alegre, mas muitos deles fazem uma parada no aeroporto, e é ali que vocês vão pegar o busão. Viu? Fácil, barato e no conforto de um ônibus de viagem.

Vocês podem comprar a passagem na própria loja da Citral ali do aeroporto ou poupar tempo e fazer como eu fiz! Comprei pela internet e foi um sucesso. Até adiantei meu horário! Sugiro que compre com uma hora de diferença da hora que está planejado para desembarcar. Por quê? Porque seu voo pode atrasar, se tiver mala despachada terá que buscá-la, terá um horário para ir ao banheiro se necessário e muitas outras razões, mas o importante é ter em mente que você pode adiantar a passagem se houver vaga no ônibus. Agora perder o ônibus… Pode dar uma dor de cabeça maior, não acha?

Você descerá na Rodoviária de Gramado que fica praticamente no centro da cidade.

3. Onde ficar

Já escrevemos aqui no blogue que ficar em hostel é seguro, então se quiser ter essa experiência sugiro conhecer o Britânico Hostel & Suítes que é lindo, seguro e confortável. Importante ressaltar que há suítes privativas também.

Algumas pessoas falam que se hospedar em Canela é mais barato, mas não é bem assim. A média das diárias é basicamente a mesma, e caso duvide, os convido a fazer um teste. Abra o nosso site www.meridianostur.com e pesquise primeiro para Gramado e depois para Canela. Veja só! Quase não há diferença, então meu conselho de amiga é avaliar o que você quer conhecer.

Independente de qual cidade escolha, interessante ficar no centro ou próxima do centro para que evite gastar com transporte. Todos os ubers que peguei do britânico hostel variavam de R$5,00 a R$7,00. Quando fui a Canela, optei pelo uber e não pelo ônibus (sai da mesma rodoviária que você chega na cidade de custa R$5,00) porque a cidade começou a encher muito e eu comecei a ficar neurótica com o Corona Vírus. Do meu Hostel para o Centro de Canela deu R$15,00.

4. Passeios em (ou a partir de) Gramado

Existem várias opções de passeios em Gramado e Região como Mini Mundo que custa R$ 24 (adultos), o Parque do Caracol que custa R$ 18 e a entrada nos Bondinhos Aéreos sai por R$ 39. Já o Snowland com o alugel da roupa de esqui não vai sair por menos de R$ 125,00. Já o Cânion do Itambezinho sai por R$184,00!

Lembrando que nós comercializamos esses passeios, mas sei que vocês adoram opções gratuitas e eu também!

Eu só comprei o Cânion do Itambezinho porque combina mais com as coisas que eu gosto e valorizo, mas e aí? O que eu fiz com os meus outros dias livres?

Visitei o Lago Negro, a Rua Torta, fui na Catedral de Pedra (em Canela), Fonte do Amor Eterno de forma gratuita.

Na Catedral de Pedra têm o Museu dos Sinos que escolhi visitar por R$15,00, mas ver o festival de luzes é completamente gratuito.

5. Alimentação. Onde encher o bucho?

Toda essa viagem foi organizada por dois motivos. O primeiro e mais importante era o casamento da Fábia e o segundo a feira anual de Turismo (que acabei não indo kkkk). Considerando o casamento ter sido no restaurante italiano Trattoria Del Corso, então nosso jantar foi um Fondue delicioso (R$160,00).

Uma dica para economizar nas refeições é usar o Tchê Ofertas, e claro, sempre pesquisar em blogues como esse. Nesse post do Viagens Que Sonhamos têm uma lista de Fondues baratinhos.

Na Florybal tomei chocolate quente instantâneo por R$7,00, na Lugano tomei outro quente grande e com chantilly me custou R$18,00. Gostei muito das duas!

Uma opção de self service bem localizado é o Tempero de Gramado a partir de R$ 10,00. Tem buffet com sobremesa por R$21,90! Fica na Av. Borges de Medeiros, 1327 e tem um instagram atualizado com postagem sobre valores.

6. Quanto custou a minha viagem?

Cinco dias com voo e hospedagem ficou em torno de R$700,00. Somamos com R$ 184,00 do Cânion + R$ 160,00 do casamento. E eu juro de pé junto que não gastei muito mais de R$200,00 em 5 dias com transporte, alimentação e passeios.

Claro que vocês não devem levar em consideração minha escolha de passeio e nem o valor gasto no casamento.

E vocês? Já visitaram Gramado e região?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *